Para Fazenda de SP, tabela corrige margens defasadas

A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo disse, em nota, que a tabela do Índice de Valor Agregado (IVA) dos eletrodomésticos e eletrônicos foi alterada porque as margens estavam defasadas. A Fazenda calculou, portanto, que o preços dos eletrônicos nas lojas é maior do que ela previu inicialmente. Ou seja, a Fazenda paulista entende que o imposto cobrado por esses produtos estava abaixo do que é devido pelas empresas. Para chegar a essa conclusão, o órgão utilizou um levantamento feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) nos preços no varejo. "O objetivo das pesquisas foi a readequação das margens praticadas pelo mercado, buscando uma tributação justa", disse a Fazenda, em nota. Segundo o órgão, todos os produtos enquadrados no regime de substituição tributária terão os seus IVAs revisados, de acordo com um cronograma divulgado em junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.