carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Para Força Sindical, Copom é "nefasto e insensível"

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central de manter a taxa de juros em 26,5% é "nefasta e insensível", disse, em nota, a Força Sindical. "Neste governo, esta já é a quarta nota que emitimos à imprensa criticando a decisão do Copom, e voltamos a insistir que manter os juros em patamares estratosféricos é contrário a qualquer projeto de estímulo da retomada do crescimento econômico", afirma.Segundo a nota, os juros elevados se tornaram "entrave para o desenvolvimento econômico nacional". "Acabamos numa lógica perversa de juros altos, recuo no consumo e na produção, resultando na frustração das aspirações populares de mais empregos e mais salários", diz a central sindical.

Agencia Estado,

21 de maio de 2003 | 15h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.