finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Para IBGE, alta do desemprego em janeiro é sazonal

O aumento da taxa de desemprego de dezembro de 2010 para janeiro de 2011, de 5,3% para 6,1%, representa a dispensa de trabalhadores temporários contratados no último trimestre de cada ano, segundo afirmou hoje o gerente da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Cimar Azeredo. "Isso sempre acontece, este aumento da taxa de desocupação em janeiro. É um fato sazonal e esperado no mercado", afirmou.

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

24 de fevereiro de 2011 | 09h49

Azeredo lembrou que, nos últimos meses de cada ano, sempre ocorre um aumento no número de trabalhadores temporários, para atender o mercado interno mais aquecido do período. Mas nos primeiros meses de cada ano esses trabalhadores temporários são dispensados e passam a buscar emprego, elevando assim a taxa de desemprego. "Mas o que é preciso ver é que, na comparação com os meses de janeiro da série histórica, esta (a taxa de janeiro de 2011) é a menor taxa de desocupação da série", observou. "Este janeiro é melhor do que o mês de janeiro do ano passado, o que representa uma continuidade daquela trajetória de redução da população desocupada, descontado efeitos sazonais", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
desempregoempregotaxaIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.