Para indústria paulista, só queda forte do juro evita recessão

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) Horacio Lafer Piva, afirmou hoje que o Brasil está no limiar de uma recessão e que todos os indicadores econômicos apontam para essa situação. Para ele, o primeiro caminho para reverter esse quadro é o Banco Central reduzir em 3 ou 4 pontos percentuais a taxa básica de juros, hoje em 26%, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), na próxima semana."É possível chegar aos 20% até final do ano, mas dependerá da ousadia do Banco Central", disse Piva, que passou o dia no interior paulista apresentando a empresários Cláudio Vaz como candidato à sua sucessão em 2004. O presidente da Fiesp afirmou que apenas a agroindústria e as exportações colaboram e "vão continuar colaborando" para que o PIB do Brasil possa terminar este ano com um desempenho positivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.