Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Para Lula, ciclo de desenvolvimento vai durar 10 anos

Presidente diz que seu governo está construindo, de forma sólida, o chamado mercado de massas no País

Angela Lacerda, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2005 | 00h00

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem que o Brasil entrou em um ciclo de desenvolvimento sustentável que deverá ter duração de ''''dez anos ou mais''''. Ele fez a afirmação ao participar da cerimônia que marcou o início das obras da Refinaria Abreu e Lima, da Petrobrás, em Ipojuca, no litoral sul de Pernambuco.''''Há 30 anos não se fazia uma refinaria neste País, há mais de 20 anos não se constrói um alto-forno e há muitos anos neste País não se conhece um crescimento sustentável, não se conhece uma política de consumo que hoje coloca o Brasil em condições da China'''', disse ele. ''''Estamos construindo, de forma sólida, o chamado mercado de massas.''''Lula frisou que, ao assumir o governo, em 2003, a indústria automobilística reclamava de prejuízo. Hoje, disse ele, tem gente esperando três meses para comprar um carro, gente esperando seis meses para comprar um caminhão.Para o presidente, não é o mercado externo que está puxando o crescimento da economia brasileira, mas o mercado interno. ''''Está puxando porque tem política de transferência de renda, porque em sete meses criamos 1,2 milhão de empregos com carteira assinada, porque adotamos a política de que não é possível a economia crescer sem crédito e saímos de R$ 300 bilhões de crédito para R$ 800 bilhões nesse pouco tempo que governamos o Brasil.''''Lula expressou o desejo de deixar o governo, em 2010, entregando um País mais organizado ao sucessor, para que não tenha necessidade de discutir mazelas ''''que há 30 anos'''' se discute neste País, a exemplo da inflação e da dependência do Fundo Monetário Internacional (FMI). ''''Nós acabamos com a inflação, o FMI não está mais aqui nem voltará mais.''''A crise anunciada nos Estados Unidos, segundo Lula, já teria feito o Brasil enviar o ministro da Fazenda várias vezes a Washington e o FMI já teria mandado delegações outro tanto de vezes. ''''Nós não precisamos ir lá nem eles virem aqui porque o Brasil tem hoje US$ 171 bilhões de reservas.''''Mas disse que o Brasil tem de ficar alerta. ''''Não é porque chegamos a uma situação de equilíbrio que vamos achar que está tudo resolvido e começar a gastança.''''Lula declarou estar feliz, num momento muito especial, mas disse ser necessária a participação de cada um para ''''as coisas darem certo''''. ''''Chegamos neste momento pela compreensão de vocês, de cada empresário, cada trabalhador mais humilde, de muitos políticos.''''Ao se referir à torcida do contra, afirmou que, na política, muitas vezes quem deixa o campo fica torcendo pela desgraça do que entrou. ''''Quem quiser torcer contra vai quebrar a cara'''', disse, garantindo que não quer deixar nem o mais ferrenho opositor ''''fora da mesa''''. ''''O cidadão pode me esculhambar, é uma questão pessoal, quem vai se vingar dele é o povo. Eu estarei convidando ele para ajudar a construir o projeto que este País precisa.''''FRASES Luiz Inácio Lula da SilvaPresidente da República''''Há 30 anos não se fazia uma refinaria neste País, há mais de 20 anos não se constrói um alto-forno e há muitos anos neste País não se conhece um crescimento sustentável, uma política de consumo que coloca o Brasil em condições da China''''''''Não é porque chegamos a uma situação de equilíbrio que vamos achar que está tudo resolvido e começar a gastança''''

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.