Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Para Mantega, crise já passou e GAC pode trocar nome

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, brincou com jornalistas hoje dizendo que o nome do Grupo de Acompanhamento da Crise (GAC) será alterado para "Grupo de Acompanhamento Pós-Crise". O GAC, formado por iniciativa de Mantega e integrado por empresários e outros ministros, além do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, reúne-se uma vez por mês para acompanhar a evolução do combate à crise no País.

CÉLIA FROUFE E LEONARDO GOY, Agencia Estado

12 de agosto de 2009 | 20h01

"Tendo em vista que o Brasil já não está mais em crise, podemos mudar o nome", disse Mantega. Fez a ressalva de que a ideia da alteração do nome do GAC não partiu dele, mas de um participante da reunião de hoje. O ministro falou rapidamente ao chegar à sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), que comemora 71 anos e presta homenagem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Tudo o que sabemos sobre:
criseGuido MantegaGAC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.