Para Mantega, divergência sobre juro é "diferença de timing"

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, classificou hoje de "diferença de timing" as divergências no governo sobre os juros de 26,5% ao ano, que têm colocado em lados opostos o vice-presidente José Alencar e o ministro da Fazenda, Antonio Palocci."É só uma diferença de timing dentro do governo. Nada mais do que isso", disse. "Uns acham que dá para baixar antes, e outros, depois, mas todos acham que (a taxa de juros) vai baixar e que o crescimento virá em seguida".Mantega reduziu a importância da polêmica, afirmando que ela não prejudica o País. "No fim, todos estão de acordo em que a taxa de juros vai ter que baixar. No momento adequado, isso vai acontecer."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.