Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Para ministra, há tendência de queda nos preços da energia

A ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef, disse, durante inauguração de uma usina termoelétrica em Sertãozinho, que a tendência é de queda nos preços da energia elétrica, por causa da desvalorização do dólar. "A tendência é que eles caiam", afirmou quando perguntada se os preços da energia iriam recuar por conta da queda da moeda americana. Ela afirmou que o País ainda vive um período de transição, por conta dos problemas enfrentados pelo setor elétrico nos últimos anos. Dilma reafirmou que o governo está comprometido com o apoio ao desenvolvimento de novas tecnologias de geração de energia a partir de resíduos. "O Brasil pode e deve desenvolver a energia a partir da biomassa, aproveitando projetos regionais". A ministra afirmou que, após a redução do preço da gasolina e do diesel, o próximo objetivo do governo é baixar os preços do gás liquefeito de petróleo (GLP), principalmente aquele que é vendido ao consumidor residencial. Dilma Rousseff, viaja ainda hoje para os Estados Unidos para participar, em Houston, da "Offshore Technology Conference - OTC 2003", com o intuito de estreitar relações entre o Brasil e a indústria mundial de petróleo e gás, de acordo com informações publicadas no Diário Oficial de hoje. a ministra retorna ao Brasil no dia 6.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.