Para o mercado de petróleo ''o pior já passou''

A demanda por petróleo ainda está contraída por conta da crise econômica mundial, disse ontem a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), mas o pior parece ter passado para o mercado de petróleo, e os estoques podem voltar para níveis mais normais até o fim do ano. O cartel reduziu novamente sua previsão para o consumo mundial ano, prevendo queda na demanda de 1,62 milhão de barris por dia ante 2008, para 83,8 milhões. No último ano, a Opep concordou em cortar em 4,2 milhões de barris por dia, ante os níveis de produção de setembro, numa tentativa de sustentar os preços.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.