Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Para Tesouro, inflação de 0,5% abre espaço para juro cair

O secretário do Tesouro Nacional, Joaquim Levy, disse na noite desta quinta-feira que a inflação mensal abaixo de 0,5% em uma seqüência de meses, abrirá espaço para queda nas taxas de juros e para investimentos. "Quando a inflação se aproximar da meta ajustada de 8,5%, entra-se numa nova fase" disse. Com relação à novas emissões do Tesouro Nacional no Exterior, ele disse que a programação é de captar US$ 3 bilhões este ano, sendo que já houve uma captação de US$ 1 bilhão. Ele ressaltou que a captação dos US$ 2 bilhões ocorrerá "no melhor momento e sem pressa". Questionado sobre a manifestação da Fiesp, de que a reforma tributária proposta pelo governo irá aumentar os impostos, Levy respondeu que "a carga tributária de 36% do PIB no ano passado, é um parâmetro máximo". Segundo ele, não é a intenção do governo, aumentar a carga tributária com a reforma que está em debate no Congresso. De acordo com o secretário do Tesouro, o objetivo é "manter a carga tributária, espalhando à arrecadação entre os diversos agentes econômicos".

Agencia Estado,

29 de maio de 2003 | 20h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.