Paraguai diz que Mercosul não dá bons sinais a europeus

O presidente do Paraguai, Nicanor Duarte, reconheceu nesta quinta-feira que os membros do Mercosul transmitem aos europeus "sinais não muito bons" para o investimento na região. "Isso porque há fatos que criam confusão, os casos da Bolívia, da Argentina", disse de Paris à rádio Primero de Marzo, de Assunção.Duarte, que voltará ao Paraguai nesta sexta-feira, referiu-se assim à nacionalização do gás e do petróleo na Bolívia e à disputa entre Argentina e Uruguai em torno da construção de duas fábricas de celulose em uma região da fronteira.A Bolívia foi um dos primeiros países sul-americanos a se ligar como associado ao Mercosul, bloco criado em 1991 por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.