Paraguai quer novos caminhos para o Mercosul

O Paraguai está disposto a buscar novos caminhos para o Mercosul, bloco onde acha que a integração real não avançou, indicou o vice-presidente Luis Castiglioni, que voltou esta semana de Washington, onde se reuniu com autoridades do governo americano. Para ele, os países maiores do bloco, como o Brasil, estão "em falta" com os sócios menores."O Paraguai tem que ser cada vez mais exigente e dar sinais claros e categóricos de que está disposto a buscar outros caminhos, novas vias de integração com outras regiões, se não se encontram as soluções na região do Mercosul", disse o vice-presidente paraguaio.Segundo Castiglioni, os países maiores do bloco - Brasil e Argentina - "estão em falta" com os sócios menores, que apostaram na integração "para que a solidariedade os ajude a alcançar níveis melhores de desenvolvimento socioeconômico".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.