Paralisação das bolsas de NY deixa de movimentar US$ 117,4 bi/dia

Valor é a média do volume financeiro diário de 1.225 empresas, que equivalem a 90% do mercado acionário dos EUA 

estadão.com.br,

30 Outubro 2012 | 12h50

SÃO PAULO - As bolsas de valores dos Estados Unidos estão deixando de movimentar US$ 117,4 bilhões por dia por conta da paralisação provocada pela tempestade tropical Sandy. Esse valor é a média diária do fluxo financeiro nos últimos três meses de 1.225 empresas norte-americanas listadas em bolsa.

Os dados são da consultoria Economática. Ao todo, são 8 mil empresas norte-americanas que negociam seus papéis em bolsa, mas a amostra selecionada representa 90% do valor de todo o mercado acionário dos EUA.

A ação mais negociada no mercado norte americano, diz a consultoria, é a da Apple, com uma média de US$ 10,8 bilhões movimentados por dia nos últimos três meses. Em segundo lugar vem o Google, com US$ 1,99 bilhão de volume financeiro diário no mesmo período.

A comparação com outras praças financeiras mostra o abismo que existe entre o mercado financeiro dos EUA e os demais. As sete bolsas mais líquidas da América Latina, por exemplo, movimentam por dia o mesmo que apenas três empresas americanas. Nos últimos três meses, as bolsas do Brasil, México, Chile, Colômbia, Peru, Argentina e Venezuela tiveram um fluxo financeiro diário de US$ 3,91 bilhões, praticamente o mesmo que a soma da movimentação de Google, Intel e JP Morgan.

Ja a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) possui um volume diário equivalente à soma de Google e Bank of America (US$ 3,14 bilhões).

Mais conteúdo sobre:
Tempestade Sandy bolsas Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.