Paralisação de hoje do IBGE foi positiva, diz sindicato

O balanço da paralisação de hoje dos funcionários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foi positivo, na visão da diretora do sindicato nacional dos trabalhadores do órgão, Susana Drumond. Segundo ela, houve adesão nas unidades de toda a região Sul, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Maranhão, região Centro-Oeste e em algumas unidades no Rio de Janeiro. Ela disse que, a partir de agora, o sindicato vai "seguir no processo de mobilização" e decidir se haverá novas paralisações. "A categoria exige do governo a abertura imediata de negociação e reivindica a atualização da tabela salarial", disse a sindicalista. Segundo ela, a reivindicação já foi aceita pela própria direção do instituto, mas ainda não houve resposta do Ministério do Planejamento, ao qual o IBGE está vinculado.PesquisasO movimento de paralisação realizado hoje pelos funcionários do IBGE não terá repercussão sobre nenhuma das pesquisas conjunturais realizadas pela instituição, explicou Susana. "Não há influência nas pesquisas, nosso objetivo foi mostrar ao governo que estamos com disposição de luta", disse.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

19 de junho de 2008 | 16h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.