carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Parlamento da Grécia aprova pacto fiscal europeu

Apesar da aprovação, o país levará anos até que esteja em posição de honrar o acordo devido ao alto endividamento

Renan Carreira, da Agência Estado,

28 de março de 2012 | 11h49

ATENAS - O Parlamento da Grécia aprovou nesta quarta-feira, por 194 a 59, o pacto fiscal europeu, mesmo que leve anos para que o endividado país esteja em uma posição para honrar o acordo. Houve 47 abstenções.

O pacto havia sido assinado mais cedo neste mês. Apenas os governos do Reino Unido e da República Checa decidiram não participar do acordo.

Sob pressão da Alemanha, os governos da Europa concordaram em reforçar as normas sobre os orçamentos nacionais, em um esforço para contar a crise da dívida no continente. A Irlanda vai votar em um referendo no dia 31 de maio sobre se o governo pode ratificar o tratado.

A votação na Grécia ocorre às vésperas do encontro de ministros das Finanças dos 17 países que usam o euro, na sexta-feira, em Copenhague, para avaliar aumentar o tamanho de um fundo de resgate permanente, de um planejado valor de € 500 bilhões.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) tem pressionado por um aumento de cerca de € 1 trilhão, se for para elevar seus próprios recursos anticrise. As informações são da Dow Jones. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.