Parlamento espanhol aprova mais cortes no orçamento

O parlamento da Espanha aprovou mais 15 bilhões de euros (US$ 18,4 bilhões) em cortes no orçamento neste ano e no próximo em uma votação que teve margens apertadas. A medida foi aprovada por um único voto, o que sinaliza os danos políticos provocados pela profunda crise econômica e fiscal da Espanha sobre o primeiro-ministro José Luiz Rodriguez Zapatero.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

27 de maio de 2010 | 10h11

O déficit orçamentário da Espanha atingiu 11,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2009, mais do que três vezes o limite de 3% do PIB imposto pela União Europeia para os países do bloco. O governo espanhol disse que as novas medidas para o orçamento permitirão reduzir o déficit para 9,3% do PIB neste ano e para 6,5% em 2011. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhaorçamentocortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.