bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Parmalat nega praticar propaganda enganosa

Parmalat Brasil divulgou que desde novembro cumpre a determinaçao da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de informar a quantidade de ácido graxo ômega 3 na embalagem do leite UHT semi-desnatado. Após denúncia recebida pela Corregedoria-Geral da União, órgão ligado à Presidência da República, a Parmalat foi notificada pela Anvisa apenas para que passasse a incluir essa informação em seus rótulos e não por propaganda enganosa.A acusação de que a empresa estaria praticando propaganda enganosa partiu da Associação de Distribuidores de Leite de São Paulo. Segundo a assessoria de Imprensa da Corregedoria, com base em dados fornecidos pela Anvisa, teste preliminar indica que, de fato, a quantidade de ácido graxo ômega 3 encontrada no leite não era suficiente para que a embalagem tivesse a expressão "contém ômega 3". A assessoria de Imprensa da Anvisa informou que um novo teste está sendo realizado para esclarecer o assunto. A Parmalat esclareceu que "seu leite Ômega 3 cumpre rigorosamente todos os requisitos regulamentares e da legislação pertinente". O texto destacou também não fez propaganda enganosa e que "já consta nas embalagens que estão chegando ao mercado a inscrição copos de 200 ml do leite Parmalat Ômega 3 fornecem 24% do consumo diário de EPA/DHA, estabelecido pela Anvisa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.