Participação da marca em vendas cai para 17,8%

Denise Johnson deixa o comando da GM do Brasil num momento em que a marca perde participação no mercado. De janeiro até a última segunda-feira, vendeu 73.518 automóveis e comerciais leves, ficando com fatia de 17,8% das vendas totais do segmento. Em 2009 e em 2010, manteve participação de quase 20%.

, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2011 | 00h00

Em mais de 80 anos de Brasil, a GM só foi líder de vendas em 2004. Tradicionalmente ocupa a terceira posição, atrás da Volkswagen (que este ano está com 22,8% de participação) e da Fiat (com 21,8%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.