Partidos de oposição da Alemanha aceitam acelerar processo para ajuda à Grécia

Projeto de lei para socorro à Grécia pode ser votado em 7 de maio 

Danielle Chaves, da Agência Estado,

29 de abril de 2010 | 11h05

Os partidos de oposição da Alemanha concordaram em dar suporte a um procedimento legislativo acelerado e agora o país poderá votar o projeto de lei para socorro à Grécia em 7 de maio. O apoio de todos os partidos é necessário para acelerar o processo legislativo na Alemanha, onde geralmente um projeto demora meses para ser transformado em lei.

 

Os legisladores do oposicionista Partido Social Democrata, o Partido Verde e o partido A Esquerda disseram que o acordo para acelerar o processo foi simples e não significa necessariamente um apoio para o projeto de lei em si.

 

De todo modo, o apoio dos partidos de oposição não é preciso para que o projeto vire lei porque a coalizão de centro-direita - formada pelos partidos União Democrata Cristã, União Social Cristã e Partido Liberal Democrata - tem a maioria, ou 332, dos 622 assentos na Câmara Baixa do Parlamento.

 

O acordo para acelerar o procedimento legislativo foi alcançado um dia depois de os diretores do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Central Europeu (BCE) pedirem aos legisladores alemães em uma reunião em Berlim que apressassem a aprovação da contribuição de 8,4 bilhões de euros da Alemanha para o pacote de ajuda da União Europeia, que totaliza 30 bilhões de euros neste ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhapartidosajudaGrécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.