Passageiros da Vasp devem buscar conciliação com a empresa

Os passageiros da Vasp que tiveram seus vôos cancelados e querem ser ressarcidos do prejuízo precisam tentar uma conciliação com a empresa. A orientação é da assessora técnica do Procon/SP, Ana Alice Gasparine. "A primeira coisa a fazer é entrar em contado com o fornecedor para ver se ele vai realocar o vôo ou restituir o valor pago", afirmou.Ela disse que, se o consumidor não for atendido imediatamente pela empresa, uma opção é acionar a Justiça. Ana Alice destacou que, no caso da compra do bilhete a prazo, o consumidor terá a restituição do montante pago. A assessora lembrou que os passageiros da Vasp terão 30 dias para reclamar o ressarcimento dos valores pagos.Ana Alice revelou que, apesar do maior grau de conscientização do consumidor, o número de reclamações contra empresas aéreas ainda é pequeno. "No Procon, o número de reclamações ainda é muito baixo em relação ao problema com empresas aéreas. Isso prejudica o processo de fiscalização, porque as reclamações vão instruir no processo de constatação de negligência da empresa".As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.