Passageiros enfrentam filas e confusão em Cumbica

Os passageiros da Varig enfrentam muita confusão na tarde de hoje no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. A loja de passagens da empresa e a sala da gerência estão fechadas. Informações são dadas apenas no balcão de embarque da companhia. Contudo, passageiros reclamam que os funcionários não têm conseguindo transmitir as informações solicitadas. Eles ainda não tinham conhecimento de que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) voltou atrás e determinou a retomada de vôos que estavam em operação antes do leilão da Varig. Em algumas situações, nem mesmo os funcionários do DAC - Departamento de Aviação Civil - podem ajudar. Os destinos México, Peru e Chile são os que apresentam mais problemas, pois as empresas internacionais que operam estas rotas não estão endossando as passagens da Varig e a TAM não tem vôos para estes destinos. O fato é que desde a noite de ontem, todos os vôos da Varig foram cancelados e apenas a ponte aérea Rio-São Paulo foi mantida. Com esses cancelamentos, os passageiros deveriam ser alocados em outras companhias aéreas. Hoje pela manhã a Anac havia garantido a realocação dos passageiros em vôos de outras companhias. Oito horas após o leilão - com lance de US$ 24 milhões e um plano de desembolso total de US$ 505 milhões, entre dívidas e investimentos, a VarigLog arrematou ontem a Varig -, a Anac voltou atrás e determinou a retomada de vôos que estavam em operação antes do leilão. A Varig deixaria de voar para Miami, Nova York, Frankfurt, Londres, Buenos Aires, Lima, Santa Cruz, Santiago do Chile, Caracas, Aruba e Copenhagen. Já dentro do Brasil, deixariam de ser servidas as cidades de Salvador, Recife, Fortaleza, Belém, Manaus, Foz do Iguaçu, Curitiba, Porto Alegre, Fernando de Noronha, Florianópolis, Natal e Brasília. Com os problemas de frota, a empresa já vinha reduzindo vôos.Até meados do mês passado, a Varig voava para 61 cidades - 36 no Brasil e 25 no exterior -, total que diminuiu para as 25 que eram atendidas. Naquele corte, saiu do mapa dos serviços da companhia alguns destinos tradicionais, como Paris, Lisboa e Milão.O enxugamento da malha da Varig foi anunciado ontem por meio de nota. "Os novos controladores querem voltar a oferecer mais opções de horários a seus passageiros", disse a nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.