Passagens aéreas mais caras nas férias de julho

Desde o dia 22 (sexta-feira), a maioria das empresas aéreas internacionais entra no período de alta temporada, com passagens mais caras do que na baixa e média temporada. Os preços voltam a cair em agosto, quando termina o período de férias e o número de passageiros diminui. As companhias que voam para o Estados Unidos e América Latina não têm média temporada e voltam a praticar tarifas de baixa temporada. As companhias que voam para Europa voltam a praticar os preços de temporada intermediária.Quem puder viajar nas épocas em que o número de passageiros é menor tem a vantagem de comprar a mesma passagem, com as mesmas características e benefícios, a preços inferiores. Mas, independentemente dos períodos de alta, baixa ou média temporada praticados pelas companhias aéreas, é importante estar atento às promoções que ocorrem durante o ano. Quando decidir para onde quer viajar, o passageiro deve pesquisar os diferentes preços em companhias aéreas, operadoras e agências de turismo. A temporada é definida pela data de embarque Vale lembrar que cada companhia define seu período de alta e baixa temporada, mas as épocas das empresas quase sempre coincidem. São definidas datas-limite para o embarque. Isso significa que o passageiro pode partir no último dia da baixa e voltar no meio da alta, mas ainda assim pagará o preço mais baixo. Essa é uma prática comum, por isso, para garantir o lugar no vôo, é importante reservar a passagem com antecedência. Na maioria das empresas, os vôos de final de semana (entre sexta-feira e domingo) são um pouco mais caros do que durante a semana. Em média, a diferença é de cerca de US$ 50. Mas ainda existem outras opções Também é importante lembrar que as empresas oferecem conexões a destinos para os quais não têm vôos diretos. Assim, pode ser vantajoso abrir mão do vôo direto e trocar de avião (fazer uma conexão). Por isso, a pesquisa de preços deve ser abrangente. Quem vai para a Europa deve consultar preços para o destino escolhido com todas as empresas européias e até com as norte-americanas, que muitas vezes oferecem passagens baratas com uma parada em Nova York. Algumas latino-americanas também têm preços promocionais. Muitas empresas também vendem passagens para as cidades onde seus vôos fazem escalas. Um bom exemplo é o das companhias asiáticas, que oferecem promoções para os Estados Unidos. Confira nos links abaixo as tabelas com todas as companhias aéreas que voam do Aeroporto Internacional São Paulo/Guarulhos. E também matérias específicas sobre vôos para a Europa e Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.