Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Passagens rodoviárias interestaduais podem subir 28,32%

As concessionárias de ônibus que fazem o transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros querem um aumento de 28,32% nas passagens. O pedido já foi encaminhado à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), segundo o seu diretor-geral, José Alexandre Resende, mas a agência ainda não fixou o porcentual do reajuste, que deverá ser concedido no dia 13 de julho. Quinze dias antes, porém, a ANTT deverá encaminhar ao Ministério da Fazenda a proposta com o índice de aumento. De acordo com Resende, o que pesa mais na composição da tarifa é o óleo diesel, responsável por 29,5% do preço total. Segundo ele, a variação do preço do diesel desde o último reajuste, no ano passado, chegou a 43%. No último aumento, em julho de 2003, o reajuste foi de 11,9% nas passagens. A ANTT, por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU), deverá rever a planilha de composição dos custos que serve de base para o reajuste. "Nossa idéia não é só analisar os insumos mas também os pesos dos componentes", disse há pouco Resende, no intervalo da audiência pública da ANTT que discute a proposta de resolução com regras para a definição de usuário com alto grau de dependência do serviço de transporte ferroviário.

Agencia Estado,

30 de maio de 2003 | 13h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.