Passaredo investe R$ 8 milhões em vôos regionais

A companhia aérea Gol parou de operar vôos em Ribeirão Preto, no interior do Estado de São Paulo, com destino à capital paulista, mas a Passaredo Linhas Aéreas está no ritmo contrário e investiu em vôos regionais. A partir da próxima segunda-feira (dia 31), a Passaredo terá quatro novos vôos diários saindo do Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto: dois para Curitiba e dois para Belo Horizonte. A empresa, que é ribeirão-pretana, investiu cerca de R$ 8 milhões para a nova linha, somando-se a compra de uma nova aeronave (EMB Brasília 120), infra-estrutura e a contratação de cerca de 25 funcionários. Ainda em 2008, a empresa estuda comprar dois novos aviões para duas novas rotas.O diretor comercial da Passaredo, Ricardo Cagno, informou que a empresa fez uma pesquisa de mercado e aposta em uma demanda de passageiros executivos e empresários, que precisam viajar e retornar no mesmo dia, para as duas capitais. "Os vôos diretos irão facilitar a vida do passageiro e 70% dos nossos passageiros são executivos", diz Cagno. Assim, evita-se as conexões em outras cidades para esses destinos. A empresa, que tem cerca de 200 funcionários, projeta, com as novas linhas, um crescimento de faturamento entre 15% e 20% dentro de três meses.A Passaredo opera em 15 cidades do País (inclusive São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília) e tem Ribeirão Preto como o seu ponto de hub, ou seja, o local onde são feitas as conexões de seus passageiros para os vários destinos. A empresa tem quatro aeronaves, todas do tipo Brasília, com capacidade para 30 pessoas. As saídas de Ribeirão Preto para Curitiba serão às 9h20 e às 15h05 (passagens a partir de R$ 185) e para Belo Horizonte às 6h15 e às 19h30 (passagens a partir de R$ 175). A empresa aposta ainda no baixo consumo de combustível de suas aeronaves para ter tarifas mais acessíveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.