Passeatas começam a chegar à Plaza de Mayo, em Buenos Aires

Inúmeras passeatas de diversos pontos de Buenos Aires marcham rumo à Plaza de Mayo, em Buenos Aires, onde já se concentram centenas de manifestantes que estão em greve desde o meio-dia de hoje. Organizada pela CGT dissidente, do caminhoneiro Hugo Moyano, é a primeira greve geral, de 12 horas, do governo de Eduardo Duhalde. O trânsito na capital está congestionado em função dos protestos. Logo terão início os discursos dos sindicalistas, que reivindicam aumentos salariais de acordo com a inflação e também o rompimento com o FMI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.