Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Pastore destaca que sociedade sofre menos com queda do dólar

O economista Affonso Celso Pastore disse hoje que "dentro dos números atuais da economia brasileira cabe a valorização cambial" e acrescentou que "os exportadores estão sofrendo um pouco mais, mas a sociedade está sofrendo um pouco menos".Em palestra no seminário de 25 anos do Selic, a taxa básica de juros da economia, realizada hoje no auditório do Banco Central no Rio pela Andima, Pastore questionou quanto da valorização cambial recente é um problema, já que a vulnerabilidade externa do País está um pouco menor, o Brasil tem uma estrutura de comércio diversificada geograficamente e o dólar vem se depreciando em relação a várias moedas.Pastore disse ainda que a apreciação cambial do real frente ao dólar poderá elevar investimentos, já que pode baratear máquinas e equipamentos.Sobre as exportações, compartilha a visão de Pastore o economista-chefe do Goldman Sachs, Paulo Leme. Ele lembrou que o Brasil exporta para países com moedas valorizadas em relação ao dólar e que os dados mostram que, na conta das exportações do País, quase não houve apreciação do real nos últimos meses e, portanto, "não se perde com exportações".

Agencia Estado,

06 de dezembro de 2004 | 14h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.