Patrimônio dos fundos de pensão atinge R$ 202,8 bi

O patrimônio dos fundos de pensão atingiu R$ 202,8 bilhões em abril, segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Privada (Abrapp). O valor dos ativos teve crescimento de 2,68% em relação ao registrado no mês anterior. A carteira de investimentos alcançou R$ 180,3 bilhões, sendo que os fundos de investimento de renda fixa representaram 42,1% do total das aplicações; os títulos públicos 15%; as ações 14,6%; os fundos de investimento renda variável 11,3% e os imóveis 6,3%. Em abril de 2003 (último dado disponível), o fundo de pensão Caixa de Previdência dos funcionários do Banco do Brasil (Previ) lidera o "ranking" com investimentos de R$ 45,5 bilhões; seguido pela Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), com R$ 19,9 bilhões; fundo de pensão dos funcionários da Caixa (Funcef), com R$ 12,5 bilhões; fundo dos funcionários das empresas de telecomunicações (Sistel), com R$ 9,4 bilhões e Fundação Cesp, com R$ 7,2 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.