Patrões europeus podem recusar emprego a fumantes

Empregadores da União Européia têm liberdade para negar trabalho a quem fuma. A Comissão Européia, que vem administrando a aplicação de uma vasta legislação contra a discriminação nos países da União Européia, confirma que essas leis não se aplicam aos fumantes.Perguntado se um anúncio de emprego que diz "fumantes não precisam se candidatar" violava a lei européia, Vladimir Spidla, comissário de emprego e igualdade de oportunidades, disse que não.Spidla, um ex-premiê da República Checa, disse que a lei contra discriminação proíbe discriminação de "raça ou origem étnica, deficiência, idade, orientação sexual, religião e outras crenças".A resposta do comissário foi dada a uma questão levantada por uma deputada britânica, a respeito de uma empresa de call center irlandesa que fez um anúncio nesses termos.Philip Tobin, diretor da empresa em questão, afirmou que fumantes são anti-sociais e consomem muitas licenças de saúde.

Agencia Estado,

04 de agosto de 2006 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.