Donna Coveney/Reprodução/MIT
Donna Coveney/Reprodução/MIT

Paul Samuelson, Nobel de economia, morre aos 94 anos

Instituto de Tecnologia de Massachusetts, onde ele atuou parte da vida, lamentou perda do especialista

Reuters,

13 de dezembro de 2009 | 14h30

Paul Samuelson, o primeiro americano a ganhar um prêmio Nobel de economia, morreu neste domingo, 13, em sua residência, na cidade de Belmont, no Estado de Massachusetts. Ele tinha 94 anos e seu estado de saúde havia se deteriorado recentemente. Sua morte foi anunciada pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), universidade na qual atuou boa parte de sua vida. Samuelson ficou famoso pelos seus trabalhos de aplicação de análise matemática rigorosa ao equilíbrio entre preços e a oferta e demanda.

 

blog Kupfer: Paul Samuelson - a Economia como arte e ciência

 

"Paul Samuelson transformou tudo em que tocou: as fundações teóricas de seu campo, a maneira como a economia foi ensinada ao redor do mundo, o perfil e a estatura de seu departamento, as práticas de investimento do MIT, e as vidas de seus colegas e estudantes", disse a direção do MIT, numa nota oficial.

 

Samuelson recebeu o Nobel em 1970, segundo ano da premiação. Na época, a Academia Sueca citou Samuelson "por ter feito mais do que qualquer economista contemporâneo ao elevar o nível da análise científica na teoria econômica". Ele ajudou a levantar o departamento de economia do MIT a seu status atual, como uma das principais instituições de pesquisa e ensino do mundo. Quando Samuelson ingressou na faculdade do MIT, em 1940, a instituição não treinava estudantes da graduação em economia.

 

"Ele deixa um legado enorme, como pesquisador e professor, como um dos gigantes cujos ombros todo economista contemporâneo se apoia", disse James Poterva, professor de economia do MIT.

Tudo o que sabemos sobre:
Paul SamuelsonNobeleconomiaMIT

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.