Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Paul Singer culpa recessão aguda por conflitos sociais

O secretário de Economia Solidária do Ministério do Trabalho, Paul Singer, afirmou hoje que a "aguda recessão" do País é o estopim do acirramento dos conflitos sociais. Para o economista, a crise econômica é provocada pelos juros altos e restrição dos gastos, quadro que em grande parte ele atribuiu à herança deixada pelo governo Fernando Henrique Cardoso."O governo Lula vem tentando provocar o crescimento, porém há ainda muito desespero no País, com gente sem nenhuma perspectiva de trabalho", disse no lançamento da Frente Parlamentar Pró-Economia Solidária, na Assembléia Legislativa de São Paulo.Para o secretário, o governo do PT tem demonstrado vontade política para resolver os problemas sociais, como a reforma agrária. Ele reconheceu que faltam recursos para colocar este e outros programas em execução.Paul Singer, que é pai do porta-voz André Singer, disse que o setor privado poderá cooperar mais para atenuar o atual quadro de crise. Ele citou especificamente o setor bancário. "Mesmo com a sinalização do governo em reduzir a taxa de juros, os bancos não reduziram suas taxas nas mesmas proporções." Para ele, o governo Lula está no caminho certo, mas infelizmente as medidas estão demorando para fazer efeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.