Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Paulistanos protestam contra posição dos EUA na OMC

Cerca de 500 pessoas realizam um protesto esta manhã na Avenida Paulista, na região central de São Paulo. Entre os manifestantes estão integrantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a passeata saiu da Praça Oswaldo Cruz, na Avenida Paulista, e segue para o Consulado Norte-Americano, na Rua Padre João Manoel, 933, nos Jardins. Conforme a Polícia Militar, que acompanha o movimento, o protesto é contra a posição dos EUA ante a reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), que acontece em Cancún, no México, e também contra a Área de Livre Comércio das Américas (Alca).

Agencia Estado,

13 de setembro de 2003 | 12h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.