coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Paulo Bernardo espera votação da lei das antenas

O Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou nesta quarta-feira, 23, esperar que o projeto de lei que uniformiza as regras para a instalação de antenas de telefonia e internet móvel seja votado na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) da Câmara dos Deputados nos próximos 15 ou 20 dias. Ele participa de audiência pública na comissão.

EDUARDO RODRIGUES, Agencia Estado

24 de abril de 2013 | 10h45

Segundo Bernardo, apesar de existir um pedido de urgência para que a proposta siga diretamente para a votação no plenário, a apreciação do projeto pela comissão pode facilitar a aprovação final do texto. "Da minha parte, espero que seja votado pela CCT o mais rápido possível", disse o ministro antes do início da audiência pública. O projeto já foi aprovado pelo Senado.

A dificuldade em obter autorizações para a instalação de antenas é um dos principais entraves citados pelas companhias de telecomunicações para a expansão e melhoria dos serviços de banda larga móvel 3G, e para implantação da tecnologia de quarta geração (4G) nas cidades sede da Copa do Mundo de 2014. Atualmente, existem cerca de 200 leis municipais que restringem a construção de torres de comunicação nos maiores centros urbanos do País.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulo BernardoCãmaralei das antenas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.