Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Paulo Rabello de Castro vai comandar o IBGE

Convidado por Michel Temer, economista sucederá Wasmália Bivar; ainda não há data sua posse

Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

31 de maio de 2016 | 22h32

RIO - O economista Paulo Rabello de Castro confirmou ao Broadcast, serviço de informações da Agência Estado, que assumirá a presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ele foi convidado pelo presidente em exercício Michel Temer (PMDB) para ocupar o cargo.

Assim que a notícia de sua posse começou a circular, Castro disse que ficou surpreso e entrou em contato com a atual presidente do órgão, Wasmália Bivar, que o "atendeu muito bem" durante o breve diálogo. "Essa era minha principal preocupação, que a instituição não ficasse sabendo pela imprensa", contou.

O economista embarca nesta terça-feira, 31, para Amsterdã a negócios, de onde retornará no dia 7 de junho. Ainda não há data para sua posse. "Primeiro quero conversar com a presidente novamente e com os diretores", afirmou.

Procurado, o IBGE informou que não recebeu nenhum comunicado do Ministério do Planejamento sobre mudança no comando do órgão.

Rabello de Castro disse que, à frente do IBGE, deve defender a relevância do órgão de estatísticas para o País. O instituto vem sofrendo com restrições orçamentárias nos últimos anos, causando inclusive o adiamento de pesquisas como a Contagem Populacional e o Censo Agropecuário.

"Se o Brasil não tiver capacidade de realizar um Censo Agropecuário, é desnecessário fazer qualquer outro comentário", disse o economista. Atualmente, Rabello de Castro é sócio da RC Consultores, presidente do Instituto Atlântico e coordenador do Movimento Brasil Eficiente (MBE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.