Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Paulson diz que esboçou projeto para ajudar setor automotivo

Secretário ressalta, porém, que, por enquanto, programa de socorro do Tesouro dos EUA não inclui montadoras

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

12 de novembro de 2008 | 16h07

O secretário do Tesouro, Henry Paulson, afirmou nesta quarta-feira, 12, que esboçou um projeto de lei como forma de conceder fundos de emergência para a indústria de automóveis. Por enquanto, ele disse que o programa de socorro do Tesouro de US$ 700 bilhões foi concebido para as firmas financeiras, e não as companhias de automóveis.  Veja também:Crise financeira afeta atividades da GM nos EUA e BrasilPelosi quer aprovar ajuda às montadoras rápido, dizem fontesSetor automotivo sofre 1ª queda anual de vendas em outubroBB socorre montadoras com R$ 4 biEstoque de veículos novos já supera a produçãoDe olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Ele observou que o Congresso recentemente aprovou uma legislação para fornecer US$ 25 bilhões para as montadoras. Uma opção para obter dinheiro adicional para Detroit seria "fazer uma emenda naquela lei e tornar (as montadoras) disponíveis (aos novos fundos)", disse Paulson durante entrevista coletiva à imprensa.  O secretário do Tesouro disse que a administração Bush acredita que a indústria automobilística é crítica para os EUA, mas qualquer solução para os profundos problemas da indústria precisa conduzir a viabilidade no longo prazo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.