Paulson encontra Mantega e ministros de Finanças neste sábado

Secretário do Tesouro dos EUA e ministro da Fazenda estão em Washington para a reunião anual do FMI

Ana Conceição, da Agência Estado,

10 Outubro 2008 | 14h26

O secretário do Departamento do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, se reunirá com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e autoridades de vários países durante o fim de semana, quando todos estarão em Washington para a reunião anual do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial. O encontro com Mantega ocorrerá no sábado.   Veja também: Ações da BM&FBovespa tiveram pior desempenho no ano entre 17 bolsas Bush receberá ministros do G7 na Casa Branca Como o mundo reage à crise  Reino Unido congela ativos do banco islandês Landsbanki FMI age para garantir crédito a emergentes Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a crise Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira    Mantega e o presidente do Banco Central (BC), Henrique  Meirelles, se reuniriam com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pouco antes de embarcarem para os Estados Unidos para uma discussão final sobre a crise financeira internacional e sobre a pauta da reunião em Washington. Eles devem defender durante os encontros um sistema global de supervisão de entidades financeiras.   Nesta sexta-feira, a agenda de Paulson incluía reuniões pela manhã com o ministro das Finanças da Arábia Saudita, Ibrahim Abdulaziz Al-Assaf, e com o presidente da agência monetária do país, Saud Al-Sayari. No final do dia, ele deve se encontrar com o ministro de Finanças do Japão, Shoichi Nakagawa. Já Mantega encontrou-se com o ministro da Fazenda da Colômbia, Oscar Ivan Zuluaga.    No sábado, Paulson se reúne com o ministro Guido Mantega, mais o ministro de Finanças da Rússia Alexei Kudrin, e o ministro britânico de Finanças, Alistair Darling. Ainda no sábado, Paulson deve se encontrar com os ministros de Finanças da Argentina Canadá, Chile, Peru, Colômbia, México e Uruguai, e com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).   No domingo, o secretário do Tesouro norte-americano fará um intervalo nas reuniões com os ministros. Na segunda-feira ele retoma os encontros, desta vez com vários ministros de finanças da África. As informações são da Dow Jones.   (com Reuters)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.