Paulson encontra Mantega e ministros de Finanças neste sábado

Secretário do Tesouro dos EUA e ministro da Fazenda estão em Washington para a reunião anual do FMI

Ana Conceição, da Agência Estado,

10 Outubro 2008 | 14h26

O secretário do Departamento do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, se reunirá com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e autoridades de vários países durante o fim de semana, quando todos estarão em Washington para a reunião anual do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial. O encontro com Mantega ocorrerá no sábado.   Veja também: Ações da BM&FBovespa tiveram pior desempenho no ano entre 17 bolsas Bush receberá ministros do G7 na Casa Branca Como o mundo reage à crise  Reino Unido congela ativos do banco islandês Landsbanki FMI age para garantir crédito a emergentes Confira as medidas já anunciadas pelo BC contra a crise Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira    Mantega e o presidente do Banco Central (BC), Henrique  Meirelles, se reuniriam com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pouco antes de embarcarem para os Estados Unidos para uma discussão final sobre a crise financeira internacional e sobre a pauta da reunião em Washington. Eles devem defender durante os encontros um sistema global de supervisão de entidades financeiras.   Nesta sexta-feira, a agenda de Paulson incluía reuniões pela manhã com o ministro das Finanças da Arábia Saudita, Ibrahim Abdulaziz Al-Assaf, e com o presidente da agência monetária do país, Saud Al-Sayari. No final do dia, ele deve se encontrar com o ministro de Finanças do Japão, Shoichi Nakagawa. Já Mantega encontrou-se com o ministro da Fazenda da Colômbia, Oscar Ivan Zuluaga.    No sábado, Paulson se reúne com o ministro Guido Mantega, mais o ministro de Finanças da Rússia Alexei Kudrin, e o ministro britânico de Finanças, Alistair Darling. Ainda no sábado, Paulson deve se encontrar com os ministros de Finanças da Argentina Canadá, Chile, Peru, Colômbia, México e Uruguai, e com representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).   No domingo, o secretário do Tesouro norte-americano fará um intervalo nas reuniões com os ministros. Na segunda-feira ele retoma os encontros, desta vez com vários ministros de finanças da África. As informações são da Dow Jones.   (com Reuters)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.