carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Paulson não ficará no Tesouro dos EUA além de janeiro

O secretário do Tesouro dos EstadosUnidos, Henry Paulson, disse em entrevista veiculada nestedomingo não ter interesse em permanecer em seu posto além dejaneiro, quando uma nova administração assumirá o comando dopaís. "Estou animado com a perspectiva de fazer outras coisas nopróximo ano", disse Paulson à rede de TV NBC. A entrevista foigravada no sábado em Pequim. "Vou ficar até o fim", disse. "Estou focado em fazer tudo oque posso entre agora e 19 de janeiro." Em março, Paulson propôs uma revisão do sistema regulatóriodos EUA e a concessão de mais poder ao Federal Reserve dianteda crise no mercado financeiro que expôs falhas de supervisão. No mês passado, aliados republicanos no Congresso disseramque seus planos para escorar as companhias de hipoteca FannieMae e Freddie Mac tinha contornos socialistas porque osacionistas se beneficiavam dos ganhos em tempos bons, mas ogoverno ficava com as perdas em tempos ruins. Paulson ofereceu uma linha de crédito melhor para as duasentidades, que têm o patrocínio do governo, e se propôs acomprar parte de suas ações se necessário para estimular aconfiança de investidores --apesar de ele ter dito ser poucoprovável que as cmopanhias teriam de acessar essas vantagens. Fannie Mae e Freddie Mac financiam quase a metade de todasas hipotecas nos EUA e sofreram o impacto da crise imobiliária. Na sexta-feira, Fannie Mae anunciou perdas de 2,3 bilhõesde dólares e cortou seus dividendos. Paulson disse que a perdanão era surpreendente dado o estado do mercado imobiliário eafirmou que ele não alterava sua visão de que as empresasprovavelmente não demandariam recursos públicos. "Não temos nenhum plano de enxertar dinheiro nessasinstituições", afirmou na entrevista à NBC. Ele disse que os problemas imobiliários só serão resolvidosmuito além do final de 2008. Até que isso ocorra, os mercadosfinanceiros e a economia permanecerão sob pressão, afirmou. (Reportagem Emily Kaiser e Andy Sullivan) REUTERS IV

REUTERS

10 de agosto de 2008 | 16h05

Tudo o que sabemos sobre:
MACROPAULSONEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.