PDVSA deve injetar US$ 780 mi em campo de gás no Irã

A estatal venezuelana de petróleo PDVSA planeja investir US$ 780 milhões em um projeto para desenvolver o campo de gás natural South Pars, no Irã. O chefe do projeto, Hamid Akbari, disse neste domingo que um acordo foi assinado recentemente entre os dois países para que o investimento seja feito na fase 12 de South Pars, segundo a agência de notícias Shana, do Ministério do Petróleo iraniano. O acordo entrará em vigor em três meses, afirmou Akbari.

AE, Agencia Estado

24 de outubro de 2010 | 11h38

O campo de South Pars, que o Irã compartilha com o Catar, será desenvolvido em 28 fases e possui reservas em torno de 14 trilhões de metros cúbicos de gás. Na semana passada, Irã e Venezuela assinaram 11 acordos de cooperação na área de energia durante visita a Teerã do presidente venezuelano, Hugo Chávez. Também foram assinados acordos para a criação de joint ventures no transporte marítimo de petróleo e produção de petroquímicos.

As relações entre Irã e Venezuela se fortaleceram na administração do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, principalmente depois de Chávez defender abertamente o programa nuclear de Teerã. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaPDVSAinvestimentosgásIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.