carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

PdVSA suspende venda de petróleo para Exxon Mobil

A estatal petrolífera venezuelana Petróleos de Venezuela SA (PdVSA), informou hoje que suspendeu a venda de petróleo e as relações comerciais com a petrolífera norte-americana Exxon Mobil Corp. Ainda não está claro se a medida da PdVSA se refere apenas a relações comerciais na Venezuela ou à exportação de petróleo da estatal para os terminais da Exxon nos Estados Unidos. Segundo a empresa venezuelana, a medida foi tomada "como um ato de reciprocidade," por causa do "assédio judicial-econômico" movido pela Exxon Mobil contra a PdVSA. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, tem sacudido os mercados de petróleo com ameaças de cortar o fornecimento aos Estados Unidos, em resposta a tentativas da Exxon de seqüestrar ativos da PdVSA em tribunais nos EUA e na Europa. A Exxon pede compensação pela nacionalização, no ano passado, de campos petrolíferos no vale do rio Orinoco, na Venezuela.O impacto da decisão da PdVSA contra a Exxon Mobil não é ainda claro. Tanto Chávez quanto o ministro do Petróleo da Venezuela, Rafael Ramírez, já disseram várias vezes que a corporação norte-americana, a maior petrolífera do mundo, não é mais bem-vinda no país.

AE-AP, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2008 | 21h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.