Peças de demolição são opção para construções

Os materiais de demolição são uma alternativa para quem deseja realizar uma construção ou fazer uma reforma. Materiais como portas, janelas, tijolos, telhas, lustres, portões, madeiramento de telhado, estruturas de ferro, persianas, conjunto para banheiro e cozinha, dormentes, grades, postes, madeiras, canos, colunas de igreja, altares de capelas, lavatórios de ferro e madeiras para assoalho, podem ser encontrados em casas especializadas em peças encontradas ou compradas em demolições.Entre as peças de demolição, o consumidor pode encontrar raridades e peças com mais de 100 anos e matérias-primas como louça, porcelana, cedro, pinho de riga, cabreúva, madeiras de lei, com desenhos e acabamentos de época. Segundo a sócia do O Velhão, loja especializada em venda de materiais antigos e de demolição, Iracema Rodrigues Arcanjo dos Santos, os materiais e mobílias antigas são retiradas de construções antigas que deram lugares a prédios modernos ou residências mais modernas.Iracema dos Santos ressalta que a maioria dos materiais antigos necessitam de uma restauração para a recuperação do material utilizado. "As peças retiradas de demolição precisam de um tratamento profissional e artístico para não perderem seus detalhes e sua beleza", explica. Ela destaca que para comprar materiais de demolição, o consumidor deve gostar de antigüidades e realizar um projeto arquitetônico baseado nas peças que vai utilizar em sua residência.ProjetoA vendedora do Antigão Demolições, Carla Furtado, avisa que ao realizar o projeto de construção ou reforma da casa, o consumidor já deve ter listado os materiais de demolição que vai utilizar. "Antes de iniciar as obras, os materiais já devem ter sido comprados e medidos. Isso porque, os materiais de demolição têm tamanhos diferentes dos materiais encontrados hoje em dia", alerta.Carla destaca que os materiais de demolição podem ser encontrados em várias idades. "As peças mais antigas variam entre 70 e 100 anos de existência. Mas, já vendemos peças com mais de 200 anos", informa a vendedora. Ela ressalta que as peças são compradas em demolições em todo o território nacional. Preço varia conforme a idade e detalhes das peçasO gerente da loja Como Antigamente, Eli de Oliveira Ferreira, ressalta que as peças mais raras e mais antigas têm o preço mais alto. "As peças com detalhes mais antigos, materiais com anos de existência e matérias-primas de época custam mais caro", avisa. Na sua loja, Eli de Oliveira, avisa que o preço das portas, já restauradas, pode variar de R$ 600,00 até R$ 5 mil.Peças de pessoas famosas também são mais caras. A sócia da loja O Velhão conta que a loja tem um acervo de milhares de peças de demolição. Entre as mais raras estão: peças da casa de Rui Barbosa, janelas antigas do ex-presidente Rodrigues Alves e objetos de cozinha de Paulo Machado de Carvalho, como batedeira elétrica e espremedor de laranja. N´O Velhão, os preços das portas de cabreúva antiga já restauradas variam entre R$ 2 mil e R$ 2,5 mil. As janelas em cedro restauradas custam entre R$ 50,00 e R$ 700,00.Veja abaixo alguns endereços onde podem ser encontrados materiais de demolição:Antigão Demolições - Avenida Rebouças, 1.449, zona Sul de São Paulo. Telefone: (0xx11) 3086-3552 ou na rodovia Raposo Tavares, 1.780, km 22,6, Granja Viana, Grande São Paulo. Telefone: (0xx11) 4612-4494.Como Antigamente - Rua Alvarenga, 1.075, Butantã, zona Sul de São Paulo. Telefone: (0xx11) 3814-5755.Demolidora Tatuapé - Avenida Salim Farah Maluf, 1.795, Tatuapé, zona Leste de São Paulo. Telefone: (0xx11) 296-8094.Jaf Demolições - Rua Alvarenga, 1.882, Butantã, zona sul de São Paulo. Telefone: (0xx11) 3815-5054. Oficina de Reciclagem e Restauro Porte du Temps - Rua das Flechas, 53, Jardim. Prudência, zona Sul de São Paulo. Telefone (0xx11) 5677-0997 ou 5563-8155.O Velhão Demolição e Restauração - Estrada de Santa Inês, 3.000, Jd. Samambaia, Mairiporã, Grande São Paulo. Telefone: (0xx11) 4485-1330 ou 4485-1964.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.