Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caem 24 mil

O número de norte-americanos que entraram com pedido de auxílio-desemprego pela primeira vez caiu 24 mil na semana concluída em 14 de fevereiro, para 344 mil, informou o Departamento do Trabalho. Foi a maior queda desde 13 de dezembro. A retração superou a estimativa dos economistas de queda de 9 mil pedidos, para 354 mil. A média de pedidos em quatro semanas subiu levemente, em 250 para 352 mil. No entanto, outros números mostraram que os desempregados continuaram enfrentando dificuldades para encontrar um trabalho. O número de trabalhadores recebendo o benefício há mais de uma semana, até a semana concluída em 7 de fevereiro, subiu 106 mil, para 3,186 milhões, maior nível em seis semanas. A taxa de desemprego entre os trabalhadores que recebem o auxílio subiu um décimo de ponto percentual, para 2,5%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.