Pedidos iniciais de auxílio-desemprego disparam nos EUA

O número de novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos saltou em 30 mil, alcançando o maior nível em 26 anos na semana passada, informou o governo nesta quarta-feira. Os pedidos iniciais subiram para um dado com ajuste sazonal de 586 mil na semana que terminou em 20 de dezembro, ante dado revisado da semana anterior de 556 mil. Analistas ouvidos pela Reuters previam 560 mil novos pedidos. A média quadrissemanal dos pedidos --que exclui oscilações semanais-- aumentou para 558 mil ante 544.250 na semana anterior. Essa foi a maior leitura desde dezembro de 1982. (Por Alister Bull)

REUTERS

24 Dezembro 2008 | 12h04

Mais conteúdo sobre:
MACRO EUA PEDIDOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.