PepsiCo amplia linha de chás e de bebidas levemente gaseificadas

Investimentos não foram revelados, mas fazem parte do aporte de R$ 2,5 bi previstos pela Ambev neste ano

Suzana Inhesta, da Agência Estado,

26 de abril de 2011 | 14h51

A fabricante norte-americana de bebidas PepsiCo anunciou nesta terça-feira, 26, a expansão da sua linha de chás e de bebidas levemente gaseificadas com o lançamento do Lipton Mate e da H2OH! Frutas, nas versões Laranja e Citrus, de olho no potencial de crescimento desses itens no País. Os investimentos para o desenvolvimento dos novos produtos não foram revelados, mas fazem parte do aporte de R$ 2,5 bilhões previstos pela Ambev no Brasil no ano. Desde 1997, a Ambev produz, comercializa e distribui as marcas Pepsi, H2OH!, Gatorade e Lipton no País.

Segundo a diretora de marketing da PepsiCo Bebidas, Luciana Fortuna, a categoria de chás prontos cresceu, em média, 8% nos últimos cinco anos. "O segmento ainda é pouco explorado e por isso temos muita oportunidade de crescimento. Precisávamos aumentar nossa presença no Brasil, mas a categoria necessitava ser ampliada para que a expansão começasse", afirmou a executiva, em coletiva de imprensa há pouco. De acordo com ela, a média de penetração de chás prontos - base São Paulo e Rio de Janeiro - está em 30% - e se for comparar com dados de regiões do Nordeste, o porcentual ainda é menor.

O chá Lipton é líder mundial no segmento, mas no Brasil enfrenta forte concorrência com o Matte Leão, da Coca-Cola Brasil. Os principais mercados do chá da PepsiCo são Rio de Janeiro, São Paulo e região sul. O Lipton Mate, lançado hoje, levou dois anos para ser desenvolvido. De acordo com Luciana, o produto já está sendo vendido no Rio de Janeiro, chega em São Paulo essa semana e gradativamente será comercializado em todo o território nacional. "O mate é o principal segmento da categoria de chás prontos, com representatividade de 52%, seguido por chá preto (34%) e verde (10%)", ressaltou a diretora.

Já a categoria de refrigerantes de baixa gaseificação, no qual se encaixa a H2OH!, que é líder de mercado no Brasil, teve crescimento médio de 7% nos últimos três anos no País, segundo a PepsiCo. Os principais mercados consumidores de H2OH! são os mesmos de Lipton. A escolha do sabor laranja é resultado da importância que a fruta tem para os consumidores brasileiros. No caso de citrus, a inspiração veio da Argentina, que já comercializa a H2OH! Citrus desde 2007. Os novos produtos chegarão essa semana, primeiramente em São Paulo, depois Rio de Janeiro e o restante do País.

Questionada sobre futuros lançamentos ainda neste ano, a diretora da PepsiCo não quis especificar marcas e segmentos, mas afirmou que haverá outros. "Nós estamos de olho nas tendências de consumo e nossa estratégia é crescer no mercado de bebidas. Até pela exigência do consumidor, vamos continuar inovando e aproveitar esse potencial de crescimento, principalmente pela ascensão da classe C", disse Fortuna, ressaltando que não vê problemas para o setor, mesmo com a inflação de alimentos em patamares altos. "2010 foi um ano bom para bebidas, não sei se 2011 será igual, mas será um período de grandes vendas", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.