Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pequenas guerras, grandes e lucrativos negócios militares

Indústria da Ilha de Java emprega 16 mil funcionários em várias fábricas de fardas para exércitos da OTAN

20 de junho de 2013 | 10h28

ILHA DE JAVA - A companhia têxtil Sritex, da cidade de Surakarta, na Ilha de Java, começou como uma pequena loja de roupas há 47 anos e tornou-se a maior indústria têxtil do Sudeste asiático.

O sucesso da empresa é um exemplo de como o mercado militar movimenta grandes negócios: a empresa produz exclusivamente uniformes militares.

A Sritex foi escolhida para ser a fornecedora oficial de uniformes militares para os países membros da Organização para o Tratado do Atlântico Norte (OTAN), que reúne 28 países da Europa e América.

A Sritex tem três indústrias têxteis,  nove fábricas de fios, três estamparias e sete de roupas. Emprega mais de 16 mil pessoas.Ela abastece de uniformes militares os exércitos de mais de 30 países.

A empresa foi criada em 1966 pelo empresário local Muhammad Lukminto, como uma pequena loja de roupas no tradicional mercado da cidade que fica na área central da Ilha de Java, na Indonésia.

A empresa anuncia em seu site diversos tipos de produtos militares, e informa que desenvolve pesquisas para aprimoramento de materiais. Um dos exemplos de novos produtos é uma nova variedade de tecido para roupas e tendas que é impermeável, leve, à prova de insetos, resistente ao fogo e com a capacidade de não ser detectado por raios infra-vermelhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.