Pequenos produtores de fumo realizam marcha no RS

O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) começou hoje marchas simultâneas que saíram das cidades de Rio Pardo, Venâncio Aires e Candelária em direção a Santa Cruz do Sul, no centro do Rio Grande do Sul e onde está a principal região produtora de fumo. O MPA calcula que mais de mil agricultores estão participando da mobilização, que pretende pressionar as indústrias de fumo a reabrir as negociações em torno do preço do produto para a safra 2003/04, encerradas sem acordo no dia 30 de janeiro.O MPA defende o reajuste de 118% do fumo do tipo Virgínia classe BO 1, a mais valorizada, para R$ 137,00 por arroba de 15 quilos. As indústrias propõem R$ 76,20 por arroba. Amanhã o MPA terá uma reunião com o Sindicato da Indústria do Fumo (Sindifumo) em Santa Cruz do Sul.Os três grupos devem se reunir hoje à noite nas proximidades de Santa Cruz do Sul, depois de percorrer um trecho de ônibus, e formar um acampamento. Os produtores insistem em levar a discussão de preço para a Câmara Setorial do Fumo, que esteve reunida hoje em Brasília, mas o governo resiste a esta idéia. A safra 2003/04 está projetada em 856 mil toneladas na região Sul - que concentra a produção nacional -, com aumento de 42% em relação à anterior.Devido ao impasse nas negociações de preço, os fumicultores começaram uma campanha de retenção do produto, entregando à indústria apenas o necessário para pagar os compromissos imediatos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.