Perdas do JP Morgan com derivativos podem alcançar US$ 9 bi

Valor é mais de quatro vezes acima que o estimado, informou o jornal New York Times, citando fontes

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

28 de junho de 2012 | 11h29

As perdas com derivativos do JPMorgan Chase podem totalizar US$ 9 bilhões, mais de quatro vezes acima que o valor estimado, informou o jornal New York Times, citando fontes. Às 10h45 (de Brasília), as ações do banco recuavam 3,18% em Nova York.

O executivo-chefe do banco, Jamie Dimon, afirmou em maio que as perdas do banco poderiam subir em relação ao valor inicial de US$ 2 bilhões. Os negócios foram feitos em Londres, e o jornal disse que o banco poderá revelar sua posição até o fim do ano. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
JP Morganbalançoderivativos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.