Perdigão: ADRs serão negociadas em NY

Os American Depositary Receipts (ADRs) da Perdigão começam a ser negociados em na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse) a partir desta sexta-feira. A Perdigão é a primeira empresa brasileira de alimentos a receber aprovação da SEC (Securities and Exchange Commission) para negociar seus papéis em bolsa americana. O símbolo de negociação da Perdigão será PDA. O presidente da empresa, Nildemar Secches, participará da abertura do pregão da bolsa.A companhia afirma que ganha visibilidade ao ser listada em Nova York, e que suas ações passam a ser uma opção para investidores e fundos estrangeiros. Do capital total da empresa, 35% dos papéis está em poder do mercado, sendo mais de 25% nas mãos de investidores estrangeiros por meio da bolsa brasileira. Cada ADR, que a partir de agora poderá ser adquirido nos EUA, representa duas ações preferenciais (PN, sem direito a voto) do mercado local. A Perdigão possuía ADRs de nível I (negociados no mercado de balcão) desde 1996. A habilitação para participar dos pregões da Bolsa de Nova York foi obtida no início deste mês de outubro, desde que recebeu autorização para a mudança de nível do ADR de I para II (transações em Bolsa).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.