Perdigão nega negociação com Kraft Foods

A Perdigão afirmou hoje à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ter sido "surpreendida" com a reportagem veiculada hoje no jornal Valor Econômico dando conta que a multinacional Kraft Foods estaria mantendo conversas amigáveis para fazer uma oferta de compra da companhia. Segundo a Perdigão, sua administração "não recebeu e não tem conhecimento" de qualquer informação nesse sentido.Os negócios com as ações ordinárias da Perdigão foram abertos por volta das 11h20, após negociação em leilão. Às 11h36, os papéis da empresa subiam 4,94% (a maior alta do Ibovespa), a R$ 45,65.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.