Perfil do profissional da Internet

Jovem, dinâmico, perfeccionista e com espírito empreendedor. Este é o perfil de grande parte dos profissionais da área de Internet. "O mercado de informática está absorvendo os estudantes em busca de novos desafios", disse Fernando Jucá, presidente do site conquistador.com.br (veja no link abaixo), especializado em carreiras e empregos. Jucá diz que para sobreviver neste setor não basta fazer cursos especializados, os profissionais precisam ser autodidatas, precisam saber solucionar problemas e apresentar resultados, mesmo que para estes resultados eles tenham que passar horas em frente ao computador. "Irritação e computação são palavras que não combinam", conclui. Pesquisas mostram como carreira está sendo vista Fernando Jucá também acredita que as principais oportunidades estão voltadas para a rede mundial de computadores. Nesse contexto, ele destaca os profissionais de direito ligado à Internet, principalmente aqueles que trabalham nas áreas tributária, comercial e internacional. Segundo uma pesquisa que o site conquistador.com.br fez com 200 jovens advogados de São Paulo, 51% dos pesquisados disseram que a procura por jovens profissionais com conhecimentos de Direito na Internet está acima da média. Além de serem mais procurados do que os da área jurídica, os jovens com esta especialidade têm boas perspectivas de salários: para 42% dos pesquisados, a remuneração deles está acima da média. Em outra pesquisa realizada pelo mesmo site, desta vez com 30 empresas de consultoria, verifica-se que o tempo médio para encontrar profissionais da área de design aumentou de dois meses para cerca de quatro meses. Para pessoas qualificadas, o salário praticamente dobrou em relação ao ano anterior. A pesquisa também conclui que estudantes de administração e comunicação que orientam a carreira em direção ao e-commerce e webdesign têm boas chances. Veja a seguir, mais matérias a respeito do planejamento da carreira profissional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.