Perspectiva segue favorável para o mercado de ações

Investidores continuarão de olho na movimentação dos principais atores do comércio exterior mundial

Impresso

10 Março 2018 | 01h00

A maioria do mercado financeiro segue com perspectiva positiva para o Ibovespa na próxima semana, mostra o Termômetro Broadcast Bolsa, que tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do índice na semana seguinte. Os que esperam alta para as ações são 59,38% dos 32 participantes da pesquisa. Os que aguardam estabilidade são 21,88% o e os que veem queda, 18,75%.

No Termômetro anterior, a expectativa para a Bolsa nesta semana era de avanço para 62,07% dos participantes; de estabilidade para 17,24%; e de baixa, para 20,69%. O Ibovespa teve valorização de 0,71% na semana.

Nos próximos dias, os investidores continuarão de olho na movimentação dos principais atores do comércio exterior mundial, após a oficialização, pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, da sobretaxação das importações de aço e de alumínio, em 25% e 10%, respectivamente. Em especial, o mercado observará as respostas da China, o principal alvo da medida. Pela sinalização de Trump, México e Canadá e outros países podem ser isentos da sobretaxa.

Esse é um tema bastante caro para o mercado de ações no Brasil, em função da representatividade dos papéis de siderurgia dentro da Bolsa. Outro fator com potencial de influenciar o segmento é a temporada de balanços corporativos do quarto trimestre, que na próxima semana traz como destaque o resultado da Petrobras. Ainda, na quarta-feira, dia 14, haverá vencimento de opções sobre Ibovespa.

A agenda de indicadores nos próximos dias é mais suave, pelo menos no Brasil, onde o destaque serão a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) e a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS). Nos Estados Unidos, as atenções estarão voltadas aos dados de fevereiro da inflação ao consumidor e no atacado, e aos preços de importação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.