finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Peru reduz taxa básica de juros para 4%

O Banco Central de Reservas do Peru reduziu nesta quinta-feira a taxa básica de juros da economia de 4,25% para 4%. A taxa de referência não era modificada desde maio de 2011.

AE, Agencia Estado

08 de novembro de 2013 | 00h28

O BC peruano apontou o crescimento mais fraco da economia e a inflação abaixo do esperado para justificar a redução. A medida foi inesperada, os economistas do país estavam certos de que o Banco Central deixaria a taxa inalterada neste mês e a manteria desta forma no futuro próximo.

O conselho de diretores do Banco Central declarou em nota que a nova política para a taxa básica de juros é compatível com a previsão de inflação de 2% para o período de 2014 e 2015, e considera que o crescimento econômico está mais fraco do que o considerado potencial para a economia peruana.

Em outubro, o índice de preços ao consumidor de Lima cresceu apenas 0,04%. Na soma dos doze meses anteriores, a inflação teve aumento de 3,04%, muito próximo do teto do Banco Central, de 3%.

Em comunicado, o BC do Peru também destacou que os indicadores apontam para um crescimento mundial desacelerado. Segundo a instituição, a atividade econômica mais fraca leva a menos exportações e queda dos preços de exportação. Em 2012, o Produto Interno Bruto (PIB) do Peru se expandiu em 6,3%. De janeiro a agosto de 2013, o PIB do país cresceu apenas 4,3%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
PeruJurosBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.